Fazendo arte com a alma

Fazendo arte com a alma

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Como surgiu o ARTESANATO no Brasil

Origem do Artesanato Brasileiro

Atualmente, frequentamos diversos eventos que contam com a presença de pessoas que vendem seus trabalhos artesanais (seja em shows, festas, festivais, feiras... )

Visto isso parei pra pensar, em como seria interessante uma discussão ou ate mesmo um texto explicativo falando sobre a origem e detalhes do artesanato Brasileiro.

O Brasil, com suas diferentes vertentes culturais guarda preciosidades que nem todos conseguem ter acesso e conhecer.

Pinturas, esculturas, moda, danças, arte em geral.

O Artesanato, vindo inclusive da matéria prima natural, é tão rico que compõe grande parte desse cenário artistico cultural Brasileiro.

Segue abaixo um texto explicativo falando sobre a Origem do Artesanato Brasileiro, para que todos possam ter acesso pelo menos a explicação.

CRIATIVIDADE E DIVERSIDADE

A criatividade do povo brasileiro não encontra limites na imaginação, na geografia, nem na escassez de recursos. Os artesãos conseguem transformar elementos encontrados na natureza em objetos artísticos impressionantes. Assim, o barro vira cerâmica, folhas de árvore se transformam em bolsas, pedras se moldam em esculturas, areias coloridas tornam-se belas paisagens em garrafas e copos.

Nossa riqueza cultural está espalhada por diversas áreas artísticas como na literatura, na música, na dança, e em grande escala na produção artesanal. O artesanato é uma das formas mais significativas de demonstrar nossa transculturação de técnicas de produção que inicialmente foram trazidas apenas das culturas dos índios, negros e portugueses e que mais tarde se expandiram.

A partir do século XIX, com a forte imigração européia, novos aportes de técnicas artesanais chegaram ao país junto com os imigrantes de origem italiana, alemã, polonesa, japonesa, síria e libanesa, transformando e ampliando a gama de produtos feitos artesanalmente nas diversas regiões brasileiras.

Atualmente, em todas as partes do país, é possível encontrar produção artesanal diversificada, feita com matérias-primas regionais e com técnicas específicas que variam de acordo com a cultura e o modo de vida do povo de cada localidade. Esses contrastes, além de tornarem o nosso artesanato ainda mais rico, criam uma marca de identidade nacional. Essas referências regionais são muito valorizadas por um mercado externo globalizado, e cada vez mais aberto a produtos diferenciados que retratem a origem e a história do povo que os produz.

É por esse motivo que nossos produtos ganharam espaço em lojas sofisticadas de design na Itália, França, Portugal e em lojas americanas de prestígio como a Bloomingdale’s e a Saks. Só para se ter uma idéia da grandiosidade desse mercado, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o artesanato movimenta anualmente cerca de 28 bilhões de reais, ou 2,8% do PIB do país, índices impressionantes que se equivalem aos da indústria automobilística.

Hoje existem cerca de 8,5 milhões de pessoas trabalhando na produção do artesanato no Brasil, sendo que, 87% é representado por mulheres, que muitas vezes aprenderam o ofício com as mães, já que os ensinamentos, tradicionalmente, são passados de geração para geração. Todo esse processo atual, não só aumenta a produção e a condição de vida das famílias, como também contribui para um desenvolvimento sustentável de regiões com potencial produtivo e que muitas vezes se encontravam marginalizadas e sem perspectiva alguma.


Mas não é só lá fora que o artesanato brasileiro faz sucesso, não há quem não aproveite uma viagem turística para fazer compras e levar uma lembrança para casa. As variedades e especificidades de produtos são imensas. Em Tocantins são produzidos os chapéus e cestos cor de ouro, feitos com palha (capim-dourado). Em Santa Catarina temos as famosas peças em cristal para decoração. É de Pernambuco que vem as famosas carrancas decorativas. Tudo isso sem contar as toalhas de mesa de renda e as redes que são feitas no Ceará.

O artesanato entrou na lista de compras das elites e está sendo usado para decoração e em mostras de decoração famosas como a Casa Cor, além de ambientes de várias pousadas e hotéis para mostrarem um pouco da cultura brasileira para os turistas daqui e os que vêm de fora

O conceito de artesanato dado pelo Conselho Mundial do Artesanato diz que “artesanato é toda atividade produtiva que resulte em objetos e artefatos acabados, feitos manualmente ou com a utilização de meios tradicionais, com habilidade, destreza, qualidade e criatividade”.

Fonte: http://www.brasilviagem.com/materia/?CodMateria=42


Agora, para meu texto não ficar mto grande e ng ler.. hehe convido quem se interessar para colaborar com o topico!

Já pararam pra pensar na influencia da mulher indígena para o artesanato Brasileiro? e as mulheres rendeiras??

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários são sempre bem vindos, pois me fortalecem e me ajudam a crescer.Dê a sua opinião, divida também suas experiencias, faça suas perguntas, enfim esse é o seu espaço. Solange Madá